OSCAR 2015

OS INDICADOS FORAM ANUNCIADOS, que comece a corrida pela estatueta mais desejada do Cinema mundial. Os Oscars serão entregues dia 22 de Fevereiro numa das maiores – quiça maior –  festas de gala de Hollywood. Grandes surpresas podem acontecer, assim como grandes decepções. Os favoritos da temporada são “Boyhood”, “O Grande Hotel Budapeste”, “Birdman” e “A Teoria de Tudo”. A cerimônia, como sempre (para os brasileiros) ocorre tarde, mas ficar acordado para ver coisa boa nunca é perda de tempo!

farei diferente de como fiz com os Golden Globes, por isso, se quiser ver a lista completa dos indicados, clique aqui. Colocarei apenas os meus favoritos e  uma explicação de o porquê eu escolho eles, vamos lá?

©copyright original TNT

©copyright original TNT

PARA MELHOR FILME, continuo afirmando que “O Grande Hotel Budapeste” foi o que mais me tocou, amo o trabalho de Wes Anderson desde que me entendo por gente, com simplicidade e histórias cheias de carisma, seus filmes nunca passam despercebidos, além de terem uma escolha de cores e uma montagem gráfica fabulosa, favoritíssimo. MAS como todo ano, temos surpresas: O excêntrico “Birdman” pode ser uma delas, além do queridinho da galera “Boyhood”.

PARA MELHOR DIRETOR, eu votaria em Richard Linklater pelo seu trabalho de mais de uma década com o filme “Boyhood”, gostei muito do filme e penso que Richard deveria vencer pela persistência no trabalho. Outros favoritos são Wes Anderson (O Grande Hotel Budapeste), Jason Blum, Helen Estabrook e David Lancaster (Wiplash) e Alejandro G. Iñárritu, John Lesher e James W. Skotchdopole (Birdman).

PARA MELHOR ATOR, primeiramente gostaria de deixar minha insatisfação por Ralph Fiennes não ter sido indicado em seu excelente trabalho no filme O Grande Hotel Budapeste, teria votado nele. Já que Fiennes será um mero espectador, meu voto vai para Steve Carell por sua magnífica atuação em “Foxcatcher”, simplesmente irreconhecível e de uma maturidade nunca antes vista.

PARA MELHOR ATRIZ, meu voto vai para Julliane Moore, além de ser uma mulher encantadora em quase todos seus papéis, ela está fantástica em “Para Sempre Alice”, é possível sentir o drama em seus olhos. Magicamente, Reese Witherspoon pode surpreender, a lendária legalmente loira fez papel também magnífico em “Selvagem” e poderá colher os frutos da ambição de sair das comédias e entrar no mundo do drama, se mostrou uma grande atriz. Fora as duas, digamos, correndo pela lateral vem Felicity Jones e seu papel encantador em “A Teoria de Tudo”. Grandes atrizes, quem vencer foi muito bem merecido.

PARA MELHOR ATOR COADJUVANTE, nem preciso pensar muito: ENTREGUEM AS TAÇAS PARA J.K. SIMMONS!!! O homem foi perfeito fazendo um instrutor de batera durão em “Wiplash”, gente, corram para ver esse filmaço – se aguentarem até o final – antes mesmo da cerimônia, vocês não vão se arrepender. Nem vou falar dos outros indicados, pois se Simmons não levar eu corto meus pulsos!

PARA MELHOR ATRIZ COADJUVANTE, temos um impasse: não seria surpresa se Meryl Streep adicionasse mais uma estatueta a sua galeria pelo seu trabalho em “Caminhos da Floresta”, assim como a competente Emma Stone merece vencer por sua atuação em “Birdman” e não podemos nos esquecer do brilhante papel de Patricia Arquette em “Boyhood” e Keira Knithley em “The Immitation Game”. Vou chutar uma: Emma Stone leva.

PARA MELHOR LONGA ANIMADO, meu voto vai para “Operação Big Hero”, porquê? Pois há anos um filme da Disney não me fazia encher os olhos de lágrimas de tanta beleza e com um adicional de ser uma história muito, MUITO divertida. Podem surpreender: “Como Treinar Seu Dragão 2”, vencedor do Globo de Ouro e também “Song of the Sea”, por sua simplicidade nos traços e roteiro magnífico.

PARA MELHOR ROTEIRO ORIGINAL também temos um impasse e dessa vez é dos bons! “O Grande Hotel Budapeste” faz referências a épocas sombrias da Guerra e uma escala de quatro gerações para se contar a história, divertido e emocionante é o meu favorito. Junto a ele temos a louca história de “Birdman” que com certeza é o ponto mais forte do filme. Competindo com ambos vêm o – de novo – queridinho da galera “Boyhood”. Podem surpreender: “Foxcatcher” e “O Abutre”.

PARA MELHOR ROTEIRO ADAPTADO meu voto se reparte entre “A Teoria de Tudo” e “Wiplash”. Escolher um? Wiplash. Que história fantástica!

PARA MELHOR FILME ESTRANGEIRO, fiquei triste que “Hoje Eu Quero Voltar Sozinho” não conseguiu chegar nos finalistas, mas mesmo assim meu voto seria – e é – para o fantástico filme “O Leviatã”, que na minha opinião, assim como aconteceu ano passado com Nebraska, deveria concorrer a melhor filme.

As outras indicações são prêmios mais técnicos e por isso resolvi não palpitar, olhe no site e faça suas apostas. Lembrando que os filmes supracitados são meus favoritos, ainda há mais alguns nas listas. Muita atenção para os filmes com maior número de indicações: “O Grande Hotel Budapeste”, “Birdman” e “Interestellar”, podem ao mesmo tempo atingir a glória ou virarem um fiasco nas mãos da academia – fiasco em sinônimo de prêmios, claro, são filmes muito bons, mas só um pode vencer – que costuma pregar algumas peças, como ano passado com o filme Trapaça.

A gloria eterna está lançada. Bom divertimento!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s